Fashion Rio 5º dia – 12.01.2010

Padrão

Gente, estive super sem tempo para o blog. Ainda mais com tanta informação rolando nestas semanas de moda, demorei mais ainda até me atualizar de tudo. Decidi terminar de comentar hoje, os dois últimos dias de desfiles que rolaram nas passarelas cariocas, porque amanhã começa o SPFW e junto com ele, a nossa fantástica cobertura! hahaha

Vamos lá, bem rapidinho!

Redley: Sempre buscando conforto, utilidade e praticidade nas roupas de sua coleção, desfilou looks bem esportivos, com muito bolso, botão, cordinha e peças em náilon – o material mais utilizado pela grife. Destaque
para a mistura de materiais como seda, o próprio náilon, moleton e em contraponto, a alfaiataria.
Nos acessórios botas bem descoladas e as mochilas BAFO em dourado! Mochilismo é tendência! O feminino da grife cresceu muito, mas nesta coleção, o masculino ainda ganhou maior destaque.

A R.Groove, com a estréia do estilista Rique Gonçalves no line-up oficial do Fashion Rio, trouxe uma coleção bem a cara da marca, com um pegada surfista e rocker, ou seja, jovem! As peças oversized, estamparia gráfica,
calças de neoprene, transparência e tricôs em azul, rosa e preto, eram os elementos marítimos que representavam o tema escolhido e batizado de “Mar Revolto”, título do novo CD de Carlinhos Brown.

A Têca da Helô Rocha, vem transformando sua marca e procura trazer um estilo mais urbano e sofisticado – e desde a última coleção tem focado em tudo que as fashionistas estão pensando para o momento.
E estão de volta os ombros marcados a la Balmain e a silhueta ajustadinha ao corpo, vestidinhos lindos, saias curtíssimas, babados, tons de azul bic e todas essas tendências, que, de fato, foram as que mais apareceram na temporada. O que eu mais amei, foram os acessórios feitos por Diego Cattani, que arrasa na pedraria e bordou também, algumas peças da coleção. Inspirada no vampirismo, a coleção é bem comercial e não decepcionou em nada as fashion victims.

A Espaço Fashion levou para as passarelas as tops mais requisitadas, como Carol Trentini e Ana Beatriz Barros. Mas, assim como a Têca, apresentou uma coleção não muito surpreendente. Com inspiração planetar, meio cósmica e meio astronauta, vimos novamente, saia curtas, saias arredondadas, aplicação de bordado utilizando paêtes e pedras. Os tecidos eram poderosos e mais uma vez, couro, seda, neoprene, jeans. E nas palavras de Glória Kalil: “Esperamos que para a próxima vez a criatividade e a ousadia da marca não vá para o espaço (nem que ele seja um espaço fashion!)”.

É…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s