Fashion Rio 6º e último dia – 13.01.2010

Padrão

Nica Kessler estreou no Fashion Rio e chegou com vontade! MUITA! A coleção de Nica é toda bem feminina, ao ponto de ter se tornado exagerada. Todas as peças tinham babados, de todas as formas, tamanhos, tecidos e cores. Além de pompons, peles, laços, brilhos, chapéus, muitas pulseiras, brincos e anéis, mega frisados nos cabelos das modelos! Quanta informação né? Com isso, a maioria das idéias não foram bem exploradas e acabaram se apagando em meio a tanto babado e confusão! Novamente, terei que citar plavaras da nossa diva picumãzete, Glória Kalil: “A severidade do comentário não é gratuito; uma estilista que se propõe a mostrar sua moda numa passarela profissional como a do Fashion Rio tem que estar preparada para ser avaliada. Desejamos de coração que ela saiba ler as críticas de cabeça aberta para que tenha um futuro longo na moda brasileira.”

E no último dia de Fashion Rio, a Patachou voltou ao line-up depois de alguns anos afastada, agora sob o comando da jovem estilista Érika Frade. Porém, a coleção também acabou caindo na mesmice e desfilou mais ombros marcados, leggings, drapeados, transparências, vestidinhos tulipa, enfim… O tricô que era o grande protagonista da marca ficou de lado e quase não se viu. Talvez, sob nova direção, a intenção da marca seja fugir desse antigo rótulo. Será?

Andrea Marques, fez história na moda brasileira no Maria Bonita Extra e pelo jeito, continuará fazendo agora com a grife que leva seu nome e que estreou semana passada no Fashion Rio. Por todo o seu já conhecido currículo, o desfile era um dos mais aguardados e a designer não decepcionou em nada, mostrando uma coleção madura e muito refinada, com tudo que não cai de moda nunca, estampas deslicada, decotes adequados, corte e materiais de qualidade que favorecem no caimento das roupas. Na cartela de cores: marrons, cinzas, verdes, mostardas, pretos e lilás. Ah! Atenção nos acessórios, sandálias, maquiagem e cabelos das modelos. Quem sabe, sabe.

A New Order mostra coleção de acessórios inspirada no universo canino. As roupas serviram apenas de pano de fundo para o desfile, já que não serão produzidas. E o mochilismo, como eu já havia dito, é tendência já anunciada. Vimos na New Order mochilas de tachas, de franjas, de pelos, furadas. Nos tênis, cano alto, print animal, amarrações e correntes que remetem à coleiras. Aliás, em dado momento do desfile a modelo leva seu salto alto para passear de coleira. hahaha

Alessa se inspirou na música e nos intrumentos musicais para criar sua coleção, tanto é que em um dos primeiros looks desfilados, a modelo veste camiseta na qual está estampada a frase “Play Me”. Os paêtes retangulares e os colares são como as teclas de piano. Estampas de partiduras e instrumentais, apesar de desevolverem o tema durante o desfile, se mostram pouco comerciais. Ponto para as modelagens perfeitas que aparecem plissadas, com pregas e dobraduras, muito bem posicionadas nas barras dos vestidos-camiseta. E pra mim, o ponto alto, foi a trilha com Roberto Carlos. Apesar de muitos acharem que, por ser este o último desfile do Fashion Rio, ele poderia ter encerrado com uma vibe mais animada! Verdade. Mas rei é rei!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s