Yahoo! Cabide Fashion: Estilo para as cheinhas

Padrão

Oi queridos, boa tarde! E aí, estão aproveitando o feriadinho? Estou aqui, no descanso, graças rs! E vamos a mais um post do Cabide fashion?

Para ver o post por lá: http://br.mulher.yahoo.com/blogs/cabide-fashion/estilo-para-gordinhas-212621530.html .

——–

“Coisa bonita, coisa gostosa, quem foi que disse que tem que ser magra para ser formosa?…”– trecho da música “Coisa Bonita”, interpretada por Roberto Carlos e composta pelo mesmo, com Erasmo Carlos.

Um dúvida bastante recorrente em praticamente todos os comentários de posts, é “Sou gordinha, como posso usar isso?”. E são dicas para vocês leitoras, que sempre têm dúvidas sobre o que podem e devem usar, que vamos mostrar.

Tara Lynn, Candice Huffine e Robyn Lawley, três modelos plus size que estamparam a capa de junho da Vogue Itália.

Primeiro, como sempre falo, não sou muito fã de regrinhas e pode/não pode por que afinal, ninguém conhece (ou pelo menos deveria) conhecer nosso corpo melhor do que nós mesmo.
Então quem sou eu para falar que alguém não pode usar isso ou aquilo, sem nem conhecer?

Por isso que aqui dou dicas, do que pode cair melhor em determinado tipo físico, mas nada é obrigatório ou certo. Eu mesma tenho pernas grossas, e, na teoria, não posso usar diversas coisas, mas uso e sei que fico bem, tenho minha noção pessoal.

Segundo, a maioria dos posts que temos aqui no Cabide, é feito pensando em todos os tipos de corpo, é tudo questão de gostar (o mais importante), e se adaptar o estilo/peça ao seu corpo. Longos, estampas, trajes sociais… são exemplos de moda para todas.

Famosas como Adele, Beth Ditto, Jennifer Hudson e Preta Gil, que sabem valorizar e realçar seus tipos físicos.

Então vamos lá a algumas dicas que podem ajudar:

– Sabe aquela história de quem está acima do peso tem que usar peças largas e escuras? Não existe isso gente, peça larga pode deixar o corpo sem forma e, às vezes, aparenta mais volume. Peça justa também não ajuda muito, a ninguém. O melhor é encontrar roupas com caimento certo, nem para mais, nem para menos. Você vai ver a diferença que faz!

– O melhor é usar preto, porque emagrece? Não é bem por aí… o preto pode sim dar um sensação de emagrecimento instantâneo, por ser um modelo liso, neutro e escuro, mas você pode conseguir um efeito ainda mais bonito com outros tons coloridos. Só cuidado com os tons claros, que sim, podem aparentar mais volume. Tá em dúvida de sair do preto? Coloquei pelo menos um ponto de luz na produção, nem que for no sapato, e aos poucos, vá ousando mais. Quanto às estampas, se jogue nas de desenhos menores e mais sutis.

– Peças que marcam a cintura também são uma ótima pedida!

Segue abaixo exemplos que seguem as dicas, e alguns que burlariam as tais “regrinhas da moda”, mas o estilo e a confiança fizeram a diferença, e fizeram lindas produções.

Combinação de peças mais neutras, com coloridas, estampadas. Esse comprimento de blazer é ótimo, indo um pouco abaixo no quadril, não o evidenciando. Viram que lindos exemplos de alfaiataria?

Para quem mesmo assim não quer fugir do preto e de tons mais sóbrios, alguns exemplos com ótimas modelagens e shapes. Até o poá entra na dança.

Segue abaixo alguns links de blog da moda “plus size”, tirei praticamente todos os exemplos deles. E se inspirem!

FATshionHoje Vou Assim plus sizeNega na Moda (blogs brasileiros).

Vogue CurvySaks in The CityLe blog de Big Beauty (em inglês).

Aqui no blog tem um look bacana exemplificando, com um vestido transpassado. Para ver clique aqui.

A minha tia, a “famosa” Ana, do Ana Modas, também tem uma loja bem bacana de modelos grandes, fica na mesma rua de sua outra loja de modinhas, só que é de esquina, a “Fé Modas”. Endereço: Av. Padre Antônio José do Santos, 603 – Brooklin. São Paulo/Capital. Contato: (11)5094-1045.

E dica da @rebecadoherty, que tem uma loja de tamanhos do 42 ao 58, com peças lindas e bem modernas! Bora conferir? http://www.viaplusloja.blogspot.com/ .

Espero que vocês tenham gostado das dicas. Mais importante do que moda, estilo, é estarmos bem com a gente, tanto na mente, quanto no físico. E ser feliz. O resto é resto, né, minha gente!

Caso tenham mais dúvida, ou sugestões, deixem nos comentários, quem sabe não nasce outro post deles?

Fonte: Oficina da Moda.

Fotos: Reprodução

»

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s